fbpx
Menu fechado

RENOVAÇÃO DO CERTIFICADO DIGITAL DEVE SER ANTECIPADA

Com a decretação de estado de calamidade pública no país devido a pandemia de coronavírus, muitos serviços essenciais à população não podem ser prejudicados pelo risco de desabastecimento. Produtos de consumo como alimentos, materiais de higiene e limpeza e, principalmente medicamentos, dependem da nota fiscal eletrônica (NFe) para que o transporte possa ocorrer normalmente. Para isso é necessário que o certificado digital, utilizado para a emissão da NFe, esteja devidamente no prazo.

Na última semana, o diretor presidente do Instituto Nacional de Tecnologia da Informação – ITI Marcelo Buz alertou sobre a necessidade de verificação da validade dos certificados digitais para que não ocorram problemas na emissão das notas. “É preciso se certificar da validade do certificado digital para os próximos 120 dias. Caso a expiração ocorra dentro deste período, aconselha-se a antecipação da renovação do certificado digital.”

Para o presidente executivo da Associação das Autoridades de Registro do Brasil – AARB Edmar Araújo, o alerta é muito importante, pois os trabalhos em muitos departamentos comerciais, contábeis e de logística não podem parar para garantir o abastecimento neste período. “É um momento de incertezas e precisamos nos precaver para que nada impeça que os procedimentos que utilizam a certificação digital parem. Além da emissão da NFe, a ferramenta também se tornou imprescindível para realizar trabalhos à distância, como assinar documentos importantes. Procurem uma Autoridade de Registro e garantam a renovação dos seus certificados digitais”, indica Araújo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *