Menu fechado

A UM DISPOSITIVO MÓVEL DE DISTÂNCIA: O PRIMEIRO ANO DA EMISSÃO DE CERTIFICADOS DIGITAIS ICP-BRASIL POR VIDEOCONFERÊNCIA

O processo de emissão de certificados digitais ICP-Brasil tem sido objeto de debate nos mais variados ambientes.

Para o governo, ele era moroso e burocrático; enquanto isso, o setor privado se posicionou por meio de duas correntes dominantes: a da higidez do processo, que se consagrou historicamente pela presença física do interessado e da minuciosa conferência dos documentos de pessoas físicas e jurídicas; e a da simplificação dos mecanismos, que viu na modernidade tecnológica a ferramenta da massificação, da agilidade e da escalabilidade dos negócios.

É difícil criticar as duas linhas de pensamento, afinal ambas coexistem na ICP-Brasil de modo harmônico e próspero. Se a emissão presencial se mostrou segura e confiável, o mesmo se aplica à videoconferência. Parte outra, esta segunda colaborou decisivamente para que fossem poupados recursos materiais e tempo, o que ninguém, por mais rico que seja, tenha de sobra.

A modernização da ICP-Brasil é coisa recente, e por isso mesmo ela é urgente. Migramos de uma infraestrutura monnochanel, em que apenas o comparecimento físico dos proponentes permitia emitir o certificado digital, para uma certificação digital multichannel, afinal podemos atender presencialmente nas nossas unidades ou no delivery, por videoconferência ou na renovação com o uso do próprio certificado.

Acrescente a isso a iminente AR Eletrônica – papo para outra oportunidade.

Pesquisas de mercado no nosso setor são raras, então, para dar minha modesta opinião, me atenho ao feedback das centenas de empresas que acompanho no setor e que seus representantes constantemente interagem comigo.

A emissão de certificados digitais por meio de videoconferência otimizou a produtividade das equipes, gerou economias diversas e potencializou a capilaridade do sistema nacional de certificação digital. Um único Agente de Registro pode atender 10 pessoas que estejam em estados diferentes do Brasil no mesmo dia, sem que para isso ele tenha que sair de casa ou do escritório. Com isso, o profissional de certificação digital consegue dedicar mais tempo ao suporte, ao atendimento de casos específicos e outras necessidades de sua AR.

Outra grande vantagem da videoconferência foi conferir à ICP-Brasil enorme conveniência, afinal é isso que buscam os consumidores. Estes não precisam se locomover, enfrentar engarrafamentos, estacionamentos ou mesmo esperar para serem atendidos nas unidades físicas. Eles agendam no melhor dia e horário e em menos de cinco minutos têm emitido o certificado digital. É prático, rápido, moderno e muito seguro.

Em suma, é plausível dizer que estamos caminhando para um estágio de ubiquidade na emissão de certificados digitais ICP-Brasil. Não importa onde esteja o cliente que deseja emitir ou renovar seu certificado, nós sempre estaremos a um dispositivo móvel de distância dele.

A videoconferência é o presente.

Fonte: https://cryptoid.com.br/certificacao-digital/a-um-dispositivo-movel-de-distancia-o-primeiro-ano-da-emissao-de-certificados-digitais-icp-brasil-por-videoconferencia/?utm_source=akna&utm_medium=email&utm_campaign=Primeiro-ano-da-emissao-de-certificados-digitais-ICP-Brasil-por-videoconferencia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Desenvolvido por